PRIMEIRO ERCAU NA REGIÃO REÚNE MAIS DE 70 DIRIGENTES

Partilha esta Notícia

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Este ano realizou-se pela primeira vez o ERCAU (Encontro Regional de Chefes de Agrupamento e Unidade). A atividade que teve lugar em São Brás de Alportel no fim de semana de 20 e 21 de novembro, contou com a presença de mais de 70 participantes vindos de 21 Agrupamentos.

Com o imaginário baseado no jogo Tangram, um quebra-cabeças formado por peças geométricas que se encaixam umas nas outras, a equipa organizadora teve como objetivo trabalhar a união entre os vários Agrupamentos da região.

Nesse sentido, sábado revelou-se um dia preenchido com diversas formações de grande importância para os Chefes de Agrupamento cujos temas abordados passaram por: Sustentabilidade do Agrupamento/Região; Recrutamento de Adultos/Perfil do Dirigente; Estatutos e Regulamentos do CNE; PAL – Gestão do Agrupamento por objetivos e Papel do Chefe de Agrupamento.

Quanto aos Chefes de Unidade, estes trabalharam divididos em grupos em vários temas, a fim de viverem uma manhã em patrulha.

Posteriormente, ainda nesse dia, juntaram-se todos os participantes para a realização de alguns bivaques acerca dos temas: ACANAC 2022, Cuidados de Saúde, Redes Sociais, Agrupamento Sustentável, Oportunidades Pedagógicas, Plataforma GeoScout, Espiritualidade na Unidade e no Agrupamento, Divulgação de atividades existentes e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Para finalizar a noite de sábado, houve um momento de convívio, classificado como “excelente” por parte da organização, onde houve espaço para vários jogos e uma ceia regional.

O dia de domingo juntou novamente todos os participantes para ouvir dirigentes da Junta Central e do Comité Europeu que trouxeram temas como: a Importância da relação do Agrupamento e entidades exteriores; o Escutismo e a religião e, por fim, “CNE que Futuro?”.

Terminado este encontro, procurámos saber a opinião dos responsáveis pela organização acerca da atividade: “Pensamos que o objetivo principal, que era o de aproximar os Agrupamentos da região, tenha sido cumprido. Apesar dos resultados não serem imediatos, acreditamos que a semente está lançada e em breve começará a dar frutos”.

Quanto à adesão dos participantes confessam, também, que gostariam de ter recebido 5 dirigentes (4 Chefes de Unidade e 1 Chefe de Agrupamento) de cada um dos 33 agrupamentos. No entanto, demonstram compreender que exista alguma falta de disponibilidade. Ainda assim, o balanço final é positivo e deixou a equipa bastante contente com o resultado final da atividade.